14.5 C
Guimarães
Terça-feira, Julho 16, 2024

Ferreira de Castro: evocado no cinquentenário da sua morte

Economia

Uma exposição, organizada pelo taipense Carlos Marques, continua patente nas galerias do centro comercial Passerelle, até dia 20 de Julho.

Lembrar o escritor Ferreira de Castro, no cinquentenário da sua morte, é relembrar a inauguração do seu busto, na praça central da vila, em 1971, que ficou com o seu nome.

PUB

É recordar um encontro realizado nas Taipas, em 1965, denunciado à PIDE, acusando Ferreira de Castro e Santos Simões, de pertencerem ao PCP. Foram apreendidos papéis, cartas e fotografias do escritor, escritas a partir da vila. E também documentos alusivos à candidatura de Ferreira de Castro a Prémio Nobel da Literatura.

Hoje, essas e outras histórias são recordadas na exposição graças ao acervo de Carlos Marques que assim recordou o escritor, mostrando uma predilecção por Ferreira de Castro, apaixonado pela obra literária do escritor e da sua ligação à vila.

© Direitos Reservados

Carlos Marques, já quando era presidente do CART, tinha também celebrado o centenário do nascimento, em 1999, quando expôs muitos cartazes e todos os livros editados pelo escritor Ferreira de Castro

Nesta exposição foram expostas em mais de 20 estendais com factos sobre a vida e a obra do escritor cedida pela Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis.

© 2024 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no FacebookTwitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Últimas Notícias