15.1 C
Guimarães
Segunda-feira, Julho 15, 2024

Teatro Jordão e Garagem Avenida: triunfam nos “Óscares” do Imobiliário

Economia

Na cerimónia do Prémio Nacional do Imobiliário de 2023, o júri atribuiu o troféu na Categoria Empreendimentos Colectivos ao edifício Teatro Jordão e Garagem Avenida que arrecadou igualmente o prémio máximo de “Melhor Empreendimento do Ano”.

A gala que celebrou o 25º aniversário dos “Óscares” do Imobiliário reuniu aproximadamente de 250 pessoas, entre as quais as mais prestigiadas personalidades do imobiliário, construção e arquitectura nacional, onde desfilaram os melhores dos empreendimentos construídos em 2022.

O “Melhor Empreendimento do Ano 2023” foi entregue ao Teatro Jordão e Garagem Avenida, localizado em Guimarães, um edifício de forte carga simbólica para a comunidade da região, tendo sido reabilitado após 30 anos encerrado. O edifício foi, ainda, galardoado na Categoria Empreendimentos Colectivos. Na Categoria Escritórios o vencedor foi Icon Douro; na Categoria Habitação o premiado foi o VillaUnika e na Categoria Turismo o laureado foi o The Editory Riverside Santa Apolónia Hotel. No “Prémio de Excelência em Eficiência & Sustentabilidade”, numa parceria entre a Magazine Imobiliário e a ADENE – Agência para a Energia, foi reconhecido o empreendimento AquaVillage Health Resort & Spa.

📸 Direitos Reservados

Na edição deste ano, o júri decidiu atribuir duas Menções Honrosas: uma na Categoria de Habitação e uma na Categoria Escritórios, nas quais triunfaram o empreendimento Sotto Mayor Premium Apartments e a AlloAlcântara Lisbon Offices, respectivamente. Extra-concurso, o galardoado no Prémio Reabilitação, uma distinção que existe desde o início dos “Óscares” do Imobiliário, foi o edifício Montebelo Mosteiro de Alcobaça Historic Hotel e o Prémio Sotheby’s International Realty foi atribuído por esta marca imobiliária de luxo ao empreendimento LX Living. No Prémio Projecto de Interiores foi distinguido o The Editory Boulevard Aliados Hotel.

A 25ª edição dos “Óscares” do Imobiliário contou com a participação de 28 empreendimentos e com um júri composto por Amílcar da Silva Lourenço, Carlos Alberto Mineiro Aires, Hugo Santos Ferreira, Joana Rodrigues, Nuno Pais Ministro, Paulo Santos e Pedro Reimão.

📸 Direitos Reservados

© 2023 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no FacebookTwitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Últimas Notícias