Turismo: Páscoa deixou sinal de crescimento

Com o Centro Histórico a abarrotar de turistas espanhóis, os comerciantes do sector vislumbraram uma luz ao fundo do túnel para o negócio do turismo.


Ao divulgar os números da presença de inúmeros turistas europeus nos monumentos de Guimarães, na época pascal de 14 a 18 de Abril, o Paço dos Duques confirmava em números o que se sentia nas ruas e nas praças.

Os 14214 visitantes que procuraram o Paço dos Duques, entre nacionais (9969) e de nacionalidade não portuguesa (4245), a juntar aos que passaram pelo Castelo (6248), entre nacionais (2584) e outros europeus e fora da Europa (364), antevia-se uma maior atracção à cidade histórica, em confronto com as restrições da pandemia.

📸 CMG-DIVISÃO DE TURISMO

O movimento nas praças e nas ruas, deixava no ar a sensação de que Guimarães não tinha perdido o seu poder de atracção junto de cidadãos que gostam de viajar pelo mundo. Nem muitos se esqueceram do que podia ser um olhar sobre as origens da história de Portugal.

Por seu turno, a divisão de turismo do Município, também compilou dados sobre a afluência aos postos de turismo, cuja atractividade apenas suscitou interesse a 2793 turistas individualmente – as famílias por norma ficam à porta – na procura de informações escritas sobre o que podem encontrar em Guimarães.

Os números de 2022 comparam-se com 2017 e 2019, que têm os melhores resultados. É pela visita aos postos de turismo que a nacionalidade do visitante é melhor aferida, facto que permite ver que Guimarães está próximo de Espanha e de França, origens de quem mais nos visita.

📸 CMG-DIVISÃO DE TURISMO

O mercado espanhol reforçou o seu peso nas chegadas à cidade, sendo 74,6% da totalidade dos visitantes, neste período pascal, dadas as mini-férias que a grande maioria goza nesta altura.

As taxas médias de ocupação, no sector do alojamento, também são tidas pela divisão do turismo como animadoras, deixando antever um crescimento na procura turística.

Já na hotelaria, a taxa média de ocupação foi de 77,7% por quarto, havendo sinais de taxas maiores em alguns estabelecimentos. Os empreendimentos de turismo de habitação, na cidade e no espaço rural, a taxa de ocupação chegou aos 88%.

O Município de Guimarães continua a desenvolver acções de promoção junto dos diversos operadores, agentes e outros stakeholders do turismo, bem como participando nas feiras nacionais e internacionais, tentando valorizar a riqueza da natureza, da sua história e do património do território, como elementos fundamentais da referência que Guimarães tem enquanto sítio de turismo.

📸 GA!

© 2022 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no Facebook, Twitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- publicidade -
- publicidade -
- publicidade -

Leia também