UMinho: congresso sobre direito de família acaba hoje

A Escola de Direito da Universidade do Minho (EDUM), dedicou dois dias ao congresso ibérico de Direito de Família e Sucessões.


Na primeira edição participaram cerca de uma centena de participantes com o debate a ser marcado sobre os novos desafios no âmbito das relações familiares e a sua adequação ao direito.

Como proteger a criança face a violência doméstica? Como dividir os bens no divórcio? E como aceitar uma herança? Estes foram alguns tópicos do congresso que, hoje, termina e no qual participaram os professores catedráticos Cristina Dias, presidente da EDUM, e Guilherme de Oliveira, da Universidade de Coimbra. 

O congresso contou com 35 intervenções e oito painéis, incluindo, entre outros, nomes como Esther Pillado González (Universidade de Vigo), Almudena Gallardo Rodríguez (Universidade de Salamanca), e Ana Rodríguez Álvarez (Universidade de Santiago de Compostela).

📸 Direitos Reservados

Entre os temas elencados está o exercício das responsabilidades parentais, as crianças marginalizadas, o divórcio por videoconferência, a gestação de substituição, o acompanhamento de maiores, as pessoas com deficiência, as mensagens online como prova, a flexibilização do direito das sucessões ou a transmissão mortis causa da empresa familiar, ente outros.

“Muitos assuntos fazem parte do quotidiano das populações e estão em constante evolução jurídica”.

“Muitos assuntos fazem parte do quotidiano das populações e estão em constante evolução jurídica, daí a sua relevância, por isso esperamos neste evento chegar a conclusões úteis para advogados, magistrados, docentes, estudantes e, sobretudo, para a sociedade em geral”, refere Cristina Dias.

A iniciativa é organizada pela EDUM e pelo seu Centro de Investigação em Justiça e Governação (JusGov), que tem um grupo científico dedicado a estas temáticas e materializa agora no congresso uma reflexão alargada sobre os ordenamentos jurídicos de Portugal e Espanha, após seminários e workshops conjuntos com colegas dos dois países.

📸 Direitos Reservados

© 2022 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no Facebook, Twitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- publicidade -
- publicidade -
- publicidade -

Leia também