Desemprego: Outubro regista mais número de desempregados de 2022

A subida continua e agora são mais 235 desempregados do que em Setembro.


Ao chegar aos 5646, sem trabalho, em Outubro, o desemprego acentua uma subida em relação a Dezembro de 2021.

São mais 302 desempregados do que no final de 2021 e num ano em que era manifesta a tendência de descida.

Os desempregados são agora mais do que os que se registavam em Janeiro, no início de 2022. E começa a acentuar-se uma chegada aos mais de seis mil que se registaram em oito meses de 2021.

Este só, em Julho os desempregados baixaram a fasquia dos cinco mil cifrando-se em 4958.

No último mês, foram os homens (136) que mais se desempregaram, ao contrário das mulheres (96), inflectindo uma tendência que condenava sempre o sexo feminino.

Também, os homens e mulheres, há menos tempo sem ocupação (menos de um ano) continuam a ser os mais afectados por esta vaga, deixando os desempregados, para além de um ano de inscrição no IEFP, mais protegidos contra situações de sem trabalho.

Igualmente são os que procuram novo emprego que estão mais acossados pela perda de postos de trabalho. Os que procuram o 1º emprego são agora 463, mais do que os 435 do mês anterior.

No que toca a idades, os que têm mais de 55 anos formam o maior grupo de desempregados (2333) ou seja 41,3%. Logo a seguir os que têm entre 35 e 54 anos são o seguinte contingente (1844), ou seja 32,6%. Feitas as contas estes dois segmentos da população são 73,6% da população desempregada.

Os que têm menos de 25 anos são apenas 235; e os cujas idades estão entre 25 e 34 anos são 861.

Os trabalhadores que foram despedidos chegaram aos 177 e os que se despediram foram 92. Os que acabaram contratos mais precários foram 215.

📸 GA!

© 2022 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no FacebookTwitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- publicidade -
- publicidade -
- publicidade -

Leia também