Desemprego: nova baixa (13) em Abril

O número de desempregados é o mais baixo do ano de 2022 e também o mais baixo dos últimos 28 meses.


A descida do desemprego tende a acentuar-se com alguma sustentabilidade. Os números de Abril evidencia uma queda progressiva dos sem trabalho, tendência que se manifesta desde 2019.

Os números relativos a 2020 comparados com Abril de 2022, reflectem essa tendência de descida. Também relativamente a 2021, a baixa mantém uma taxa de quebra regular.

Assim, Abril reflecte essa descida que é de 160 pessoas relativamente a Dezembro de 2021. E de 362 em relação a Dezembro de 2019.

O número de mulheres no desemprego continua a baixar, tal como o dos homens. Os sem emprego tendem a ser pessoas há mais de um ano inscritas no centro de emprego, o que evidencia uma tendência de retoma do trabalho mais difícil para os que se vão tornando mais velhos.

O número de desempregados inscritos há menos de um ano baixou para 2466 (menos dos que 2731 com inscrição superior a 12 meses).

À procura do 1º emprego há agora 380 cidadãos (em Março eram 368) sendo que 4817 procuram um novo emprego.

Os desempregados baixaram em todos os escalões etários neste último mês. O escalão dos que tem mais de 55 anos continua a ser o mais flagelado pelo desemprego.

Já no que toca ao nível de qualificações e de escolaridade, os que têm o ensino superior são 692, tendo aumentado os que têm o ensino secundário. Os possuidores de habilitações ao nível do 1º ciclo e os que possuem o ensino secundário formam o maior grupo de desempregados. Neste universo os que não completaram o 1º ciclo são 287.

O número de colocações atingiu em Abril 268 homens e mulheres, mais do que no mês anterior.

O número de trabalhadores despedidos chegou aos 174, e os que completaram o seu contrato foram 155. Optaram pela criação do seu próprio emprego 10 pessoas.

📸 Direitos Reservados

© 2022 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no Facebook, Twitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

Artigo anteriorApp ATGO
Próximo artigoUniversidade de Bolso

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- publicidade -
- publicidade -
- publicidade -

Leia também