32.3 C
Guimarães
Quarta-feira, Julho 24, 2024

Bombeiros de Guimarães: oferecem ambulância a mães e crianças da Guiné-Bissau

Economia

Os Bombeiros Voluntários de Guimarães vão oferecer uma ambulância à região de Oio, na Guiné-Bissau. A viatura de socorro e transporte já não reúne condições para operar em Portugal, mas vai voltar a ganhar vida naquele país africano.

A Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Guimarães decidiu doar para a região de Oio, na Guiné-Bissau, uma ambulância que estava parada e fora da sua frota por se encontrar “desactualizada com as exigências normativas do serviço e com mais de vinte anos de rodagem”, suporta o presidente, João Pedro Castro. O dirigente acrescenta que a oferta surge “em resposta a um pedido da embaixada da Guiné-Bissau em Portugal”, num gesto de solidariedade que “fará muita diferença na vida de muitos guineenses”.

“Estamos certos que vai fazer muita diferença na vida das populações.”

“Ao invés de ir para abate, a nossa ambulância ainda pode ser muito útil naquele país irmão. A viatura vai ficar afecta à região de Oio, sendo que fará transportes dos doentes dessa região para o Hospital Nacional Simão Mendes, na cidade de Bissau, considerado o maior e mais antigo hospital público do país, ajudando no transporte das grávidas e crianças, principalmente. Estamos certos que vai fazer muita diferença na vida das populações”, valoriza João Pedro Castro.

A ambulância dos Bombeiros de Guimarães já não cumpre com as actuais regras, definidas na legislação portuguesa, e foi formalmente entregue à embaixada da Guiné-Bissau em Portugal, sendo expedida, de barco, a partir do Porto de Leixões.

Refira-se que a região do Oio situa-se no norte da Guiné-Bissau, com uma superfície de 5 403,4km2 do território e mais de 215 mil habitantes, que correspondem a cerca de 14,9% da população do país. A capital da região fica a 150km de Bissau, ou seja, a cerca de duas horas de viagem.

O Hospital Nacional Simão Mendes, localizado na cidade de Bissau, é considerado o maior e mais antigo hospital público do país, sendo referência em cuidados gerais e diversas especialidades.

📸 Direitos Reservados

© 2023 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no FacebookTwitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Últimas Notícias