Bairros Saudáveis: conceito faz sentido e cria laços entre a população

O presidente da Câmara assistiu à apresentação dos quatro projectos que vão ser implementados no âmbito do programa criado pelo governo.


É um conceito que “faz sentido”, sublinhou Domingos Bragança depois de ver e ouvir as explicações sobre os projectos que vão ser desenvolvidos em alguns territórios do concelho. E que resultaram de candidaturas apresentadas por associações, movimentos cívicos, organizações não governamentais e outras.

Admite que o conceito Bairros Saudáveis irradia um bem-estar natural em bairros felizes, ao mesmo tempo que espelha uma realidade que tende a ser mais desenvolvida em termos sociais.

“Um bairro feliz, um bairro saudável, é sinal de que podemos criar, no território, uma comunidade feliz” e a quem se pode dar oportunidade de cruzar com outros projectos como “a aprendizagem que deve ser mantida ao longo da nossa vida” – salientou.

O autarca está convicto de que este programa de bairros saudáveis pode ajudar “a reencontrar o equilíbrio mental na base da alegria, onde também se fortalece o espírito de pertença”. O bairro enquanto comunidade e conjunto é o sítio onde as ciências sociais e humanas evidenciam a evolução das comunidades. 

“E onde criar laços novos permite que não se desfaçam laços antigos, génese de toda a vida em sociedade.”

“E onde – prossegue Bragança – criar laços novos permite que não se desfaçam laços antigos, génese de toda a vida em sociedade, um caminho que temos de fazer”.

Destacou ainda a envolvência das instituições, com parcerias diversas, mencionando que “estes projectos têm capacidade de desenvolvimento e podem ser replicados por todo o território do concelho e até pelo país”, sublinhando o propósito comum de “ter uma comunidade mais integrada, com capacidade de maior aprendizagem e reforçar o sentido de pertença”.

O representante do programa Bairros Saudáveis, Aitor Varea Oro, salientou que o mais interessante destes projectos “é a participação das pessoas”, enaltecendo os programas desenhados para o concelho de Guimarães. “O grande desafio não passa somente por concretizar estas propostas, mas verificar se de facto há uma mudança”, assinalou. 

A vereadora da Acção Social, Paula Oliveira, assinalou que os programas “vão ao encontro de diferentes especificidades do território, através do trabalho em rede, e assim contribuir para que as nossas comunidades sejam mais saudáveis”.

📸 Município de Guimarães

© 2021 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no Facebook, Twitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- publicidade -
- publicidade -
- publicidade -

Leia também