1.5 C
Guimarães
Sexta-feira, Fevereiro 3, 2023

Verbo Divino: uma retaguarda de apoio ao hospital

A capacidade da Estrutura Municipal de Retaguarda vai ser reforçada, com a utilização do Seminário do Verbo Divino, de modo a satisfazer as necessidades do Hospital da Senhora da Oliveira.


A Câmara de Guimarães adianta que está previsto aumentar a disponibilidade para 46 camas para doentes infectados com a covid-19, num total de 77 camas que dão resposta a utentes covid positivos, utentes em isolamento profilático e utentes negativos sem retaguarda familiar.

Já foram acolhidas cerca de 190 pessoas na Estrutura Municipal de Retaguarda covid-19, numa resposta articulada com o Hospital de Guimarães e também com os serviços da Acção Social.

Neste momento, a Estrutura de Retaguarda acolhe 18 utentes, encaminhados pelo serviço de hospitalização domiciliária do Hospital de Guimarães e pelo Serviço da Acção Social.

“Tudo fazemos para que a pressão que vemos noutros hospitais não atinja o Hospital Senhora da Oliveira…”

Em comunicado, o Presidente da Câmara, Domingos Bragança, refere que “esta estrutura de retaguarda é crucial para a resposta do Hospital, permitindo desta forma encaminhar os doentes estáveis e libertar camas hospitalares para novos internamentos. Tudo fazemos para que a pressão que vemos noutros hospitais não atinja o Hospital Senhora da Oliveira”.

©Município de Guimarães

A autarquia garante a operacionalização da estrutura através do fornecimento de todos os meios e recursos necessários para que sejam garantidos os cuidados de higiene, conforto e alimentação aos utentes e assegura também todo o suporte logístico associado ao funcionamento desta estrutura, através de uma equipa técnica composta por profissionais que, organizados em turnos, garantem o acompanhamento dos utentes durante 24 horas.

Esta é mais uma medida que a autarquia assegura para corresponder às necessidades identificadas no concelho no combate à pandemia da covid-19. Há em Guimarães 1363 casos activos da doença.

© 2021 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no Facebook, Twitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER
PUBLICIDADE • CONTINUE A LER
PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Leia também