3.9 C
Guimarães
Segunda-feira, Janeiro 30, 2023

PAN: ouviu preocupação dos Bombeiros das Taipas

Os candidatos do PAN quiseram saber que dificuldades afectam a acção dos Bombeiros das Taipas.



Depois de saber como funciona a equipa de salvamento em grande ângulo dos Bombeiros Voluntários das Taipas, que intervém em situações urgentes e complicadas em incêndios florestais e urbanos e no salvamento e resgate de animais, Rui Rocha e Isabel Rodrigues, candidatos do PAN, perceberam melhor as dificuldades que afectam o funcionamento da corporação.

“É preocupante a grande dificuldade em recrutar novos voluntários assim como a adquirir novos equipamentos” – revela Rui Rocha candidato à Câmara Municipal.

Um novo veículo urbano de combate a incêndios tornou-se uma lacuna material que não tem sido fácil resolver pela corporação taipense.

“A principal dificuldade é o encaminhamento dos animais sem dono, uma vez que não existe uma ponte directa capaz de garantir cuidados veterinários.”

Já no que toca “ao salvamento de animais” os candidatos do PAN perceberam que “a principal dificuldade é o encaminhamento dos animais sem dono, uma vez que não existe uma ponte directa capaz de garantir cuidados veterinários urgentes em animais em risco de vida”.

📸 Direitos Reservados

O resgate e salvamento de pessoas dentro de água, não oferece nenhuma dificuldade para os bombeiros taipenses, estando preparados para essas acções. Agora, a preocupação é o aumento de afluência ao rio Ave. 

“Com as praias fluviais e as ecovias as margens do Ave podem registar um acréscimo de utilizadores, o que porventura terá de aumentar a segurança” – dizem Rui Rocha e Isabel Rodrigues.

Para a prevenção dos incêndios florestais, os bombeiros alertaram os candidatos do PAN que “o bom ordenamento e gestão das florestas” é um instrumento essencial. Como, a vigilância das áreas florestais com “guardas”, a que se junta o cadastro dos terrenos.

Sem estas medidas será difícil, assinalam os candidatos do PAN, que “se faça cumprir a lei que obriga à limpeza dos terrenos junto das habitações, evitando-se incêndios de dimensões cada vez maiores”, afirmou Rui Rocha.

© 2021 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no Facebook, Twitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER
PUBLICIDADE • CONTINUE A LER
PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Leia também