Deputados do PSD perguntam: o que foi feito das doações de empresários ao hospital?

Oito deputados do PSD perguntaram à Ministra da Saúde qual foi o destino dado às doações de beneméritos de Guimarães ao Hospital Senhora da Oliveira.

No requerimento subscrito por André Coelho Lima, Emídio Guerreiro e outros deputados, apresentado na Assembleia da República, questiona-se o governo sobre o montante global, em numerário, que foi entregue ao Hospital de Guimarães por beneméritos locais; que destino concreto foi dado aos donativos em dinheiro, que equipamentos, discriminados por tipos e unidades, foram doados e que destino tiveram esses equipamentos.

O requerimento foi entregue nos serviços do parlamento em 15 de Maio último. E destaca “as qualidades ímpares” da comunidade vimaranense e da sua “enorme generosidade para com o seu hospital”, que desde a sua construção, tem recebido “de empresários locais e cidadãos anónimos donativos bastantes consideráveis que têm permitido melhorar os equipamentos dos vários serviços deste hospital”.

“Um gesto de enorme generosidade bem revelador do sentimento de gratidão que a comunidade tem aos profissionais desta unidade de saúde…”

Os deputados relembram que a atitude de alguns vimaranenses foi “um gesto de enorme generosidade bem revelador do sentimento de gratidão que a comunidade tem aos profissionais desta unidade de saúde”; e também não esquecem outro contributo, ainda recente, do Laboratório de Hemodinâmica do Hospital Senhora da Oliveira, “totalmente equipado com recurso a dinheiro de privados – um investimento superior a 2 milhões de euros – para o qual o Estado apenas teria que disponibilizar o pessoal médico e técnico para com ele operar, o que demorou mais de um ano a suceder”.

O grupo parlamentar do PSD deixa claro e como “inquestionável” que “estes contributos visam apetrechar o “seu” hospital, o Hospital Senhora da Oliveira e não o Serviço Nacional de Saúde”. E durante esta pandemia do Covid-19, “essa postura benemérita voltou a sentir-se face ao Hospital de Guimarães”. E porque não se tratou de uma doação qualquer, os deputados do PSD esclarecem que “foram várias as empresas e cidadãos que entregaram um número considerável de recursos financeiros para a aquisição de equipamentos e consumíveis, nomeadamente ventiladores e equipamento de protecção individual”.

Porém, e face a uma reportagem do “Porto Canal” onde se denuncia que “o destino destes donativos não teria sido o Hospital Senhora da Oliveira, mas antes outras unidades de saúde, nomeadamente da grande Lisboa”, os deputados social-democratas questionam a ministra sobre o paradeiro do dinheiro, quantidade do equipamento e se estão ao não ao serviço do Hospital Senhora da Oliveira.

© 2020 Guimarães, agora!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

1,558FansCurti
104SeguidoresSeguir
34SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Edição impressa

- publicidade -

Leia também

Tantos Beijos Por Dar

Videoclip do tema "Tantos Beijos Por Dar", música...

“Eleva-te e inspira-te”

Este ano 2020/4 será aquele ano de preparação par...

“Populismo vitoriano” trama Ivo Vieira

Ivo Vieira teve uma conversa banal e trivial com ...