Economia: trabalho em rede fomenta empreendedorismo

Alterar o paradigma do Avepark, implementar um ecossistema de empreendedorismo e apostar na economia disruptiva são novas apostas.


O mote para “uma mudança de paradigma na economia” vimaranense é o trabalho em rede. Esta ideia foi apresentada por Ricardo Costa, vereador da Câmara Municipal, num encontro, por vídeo-conferência, entre empresas que formam o Set.Up Guimarães e o Avepark.

O vereador esclareceu que através da Divisão de Desenvolvimento Económico, o Município de Guimarães pretende uma maior aproximação das empresas integradas no Set.Up e Avepark, potenciando “o trabalho em rede e complementar projectos, reduzindo até os custos, implementando assim um ecossistema de empreendedorismo, com o apoio de mentores já definidos para as diferentes áreas dos projectos, desde a criação do design à internacionalização”.

Ricardo Costa destacou o momento de alteração de paradigma no Avepark, realçando a mudança da imagem já em curso e o reforço da marca, a fim de transpor uma mensagem de cariz internacional. “Não podemos continuar agarrados a uma economia reactiva e ao que o mercado pede. Precisamos de uma economia disruptiva, através de uma ligação do conhecimento ao tecido empresarial e à dimensão da governação, com pensamento de futuro”.

“Posicionar Guimarães no futuro e impulsionar a mudança de paradigma na economia portuguesa, criando marcas e patentes…”

Realçou as grandes marcas já instaladas no Avepark como a Farfetch, Instituto de Investigação 3B’s, o IPCA e proximamente o Instituto Cidade de Guimarães assim como a instalação do supercomputador. “Posicionar Guimarães no futuro e impulsionar a mudança de paradigma na economia portuguesa, criando marcas e patentes, partilhando conhecimento e experiências”, é um objectivo da Divisão do Desenvolvimento Económico e do Município como vincou o autarca.

O Set.Up Guimarães conta com mais de 35 startups apoiadas (mais de 100 empreendedores) e pelos eventos que promove, talks e webinares de apoio ao empreendedorismo passaram, ao longo de 2020, mais de 500 participantes.

© 2021 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no Facebook, Twitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

2,626FansCurti
0SeguidoresSeguir
70SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Edição impressa

Leia também

Obras municipais: não há planeamento mas o que se faz é bom

O PSD refere que as obras em curso não têm planea...

O corpo das mulheres nunca será uma arma

Existe, indubitavelmente, uma diferença entre os ...

Ciclismo: representação nacional na UCI com um vimaranense

O Congresso da União Ciclista Internacional (UCI)...

UMinho: José Campos e Matos lidera a YES For Europe

A Confederação Europeia de Jovens Empresários, or...