Têxteis: exportações serão mais de 5,3 mil milhões

Ainda não há números definitivos mas as expectativas geradas pelo valor exportado em Novembro, fazem admitir que os têxteis e vestuário passarão a barreira dos 5,3 mil milhões.


Os dados do INE relativos a Novembro, registam um valor de 503 milhões de euros para as exportações de têxteis e vestuário, um valor superior em 16% face ao registado em 2019.

Com o valor acumulado até Novembro, as exportações do sector ascendem a 4.979 milhões de euros, superando o mesmo período de 2019, em 2,8%. Os bons resultados de têxteis para o lar e vestuário de malha, forma obtidos pelo desempenho da roupa de cama, mesa, toucador ou cozinha, de qualquer matéria têxtil (NC 6302), com um acréscimo de 107,5 milhões de euros (+23%); e o valor para camisolas e pulôveres, cardigãs, coletes e artigos semelhantes, de malha (NC 6110), com um aumento de 103,4 milhões de euros (+26%).

Exportações (principais clientes):

em milhões €jan-nov 2019jan-nov 2020jan-nov 2021evol. 21/20evol. 21/19peso 21
Espanha14961125127114,0%-15,0%26%
França6196657188,0%15,9%14%
Alemanha4064114335,5%6,7%9%
EUA31129740436,0%29,8%8%
Reino Unido*ndnd360ndnd7%
Itália30226034934,0%15,6%7%
Países Baixos21219024428,5%15,3%5%
Suécia948710824,4%14,8%2%
Bélgica899210514,5%18,1%2%
Dinamarca70759121,1%29,1%2%
Intra UE (27)35883176364514,8%1,6%73%
Extra UE (27)12581117133419,5%6,1%27%
Mundo48464293497916,0%2,8%100%
*excepto Irlanda Norte
© ATP/ INE

“Conforme a ATP tem vindo a alertar, nem todas as actividades conseguiram recuperar tão bem dos efeitos da pandemia. É o caso do vestuário em tecido, que regista uma quebra de 21%, equivalente a uma diminuição de 192 milhões de euros, comparando os onze meses de 2021, com o mesmo período de 2019” – revela a associação na análise que faz dos números do penúltimo mês do ano.

Desta forma, os dados das exportações de têxteis e vestuário para 2021, perspectivam um valor superior aos 5,3 mil milhões de euros, um dos melhores anos de sempre em termos de exportações.

Destinos com maior crescimento em termos absolutos (2021/2019):

(acréscimo em milhões €)evol. 21/19
França98,415,9%
EUA92,729,8%
Itália47,215,6%
Países Baixos32,415,3%
Alemanha27,36,7%
© ATP/ INE

Analisando os mercados, França lidera a lista de destinos com melhor performance, com um aumento de 98 milhões de euros (+16%), seguida dos EUA (mais 93 milhões de euros, equivalente a +29%) e de Itália (aumento de 47 milhões de euros, ou seja, +16%). Espanha continua a destacar-se pelos piores resultados, com uma quebra de 225 milhões de euros (-15%).

A balança comercial dos têxteis e vestuário tem agora um saldo de 1.166 milhões de euros, com uma taxa de cobertura de 131%.

📸 Direitos Reservados

© 2022 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no Facebook, Twitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- publicidade -
- publicidade -
- publicidade -

Leia também