34.1 C
Guimarães
Terça-feira, Julho 23, 2024

Euratex: Mário Jorge Machado eleito presidente sucede a Alberto Paccanelli

Economia

Foi eleito, hoje, confirmando o seu prestígio na direcção da ATP – Associação Têxtil e Vestuário de Portugal, onde se tem destacado desde 2019. E avança medidas para que o sector têxtil e vestuário seja defendido como indústria na União Europeia (UE).

Mário Jorge Machado sucede Alberto Paccanelli que passou a presidente honorário da Euratex, a Confederação da Indústria Têxtil e Vestuário Europeia.

O presidente da ATP tem uma larga e reconhecida carreira no sector. Actualmente, é accionista e presidente da Adalberto Textile Solutions, onde tem aplicado práticas avançadas de gestão para aumentar a competitividade e a inovação da empresa fundada em 1969.

A eleição do dirigente português, licenciado em Engenharia de Polímeros pela Universidade do Minho, as suas competências vão desde a melhoria contínua de processos ao desenvolvimento de equipas comerciais B2B e modelos de negócio B2C vai permitir-lhe elaborar um quadro de acção, enquadráveis na sua visão estratégica e holística engloba a excelência operacional e a implementação de práticas sustentáveis e circulares, contribuindo para a transformação evolutiva da indústria têxtil.

À frente da Euratex, Mário Jorge Machado, vai tentar mudar o rumo que tem seguido o sector. E face “aos últimos indicadores que mostram a indústria europeia com taxas de crescimento inferiores às dos seus concorrentes”, sustenta que “isto é algo que temos de inverter”.

“A Europa ficou para trás no apoio à sua indústria.”

Defende que “os decisores políticos têm de perceber que a indústria têxtil não pode ser uma moeda de troca nas negociações globais. Vemos o que os Estados Unidos estão a fazer para apoiar a sua indústria, e vemos o que a China está a fazer para apoiar a sua indústria. A Europa ficou para trás no apoio à sua indústria. O meu mandato na Euratex será o de promover uma estratégia industrial eficaz e inteligente”.

O novo presidente da Confederação da Indústria Têxtil e Vestuário Europeia sublinha que “durante o último mandato, a UE emitiu muitas legislação sobre sustentabilidade e circularidade direccionadas para a indústria transformadora. No entanto, se quisermos que esta estratégia seja bem-sucedida, precisamos de nos concentrar mais na dimensão dos consumidores. É por isso que a Euratex tem um papel muito importante a desempenhar na pressão para que o processo legislativo seja realizado de acordo com a capacidade de adaptação do sector”.

A assembleia geral da Euratex, que decorreu esta manhã, elegeu ainda quatro membros para formar a equipa da presidência: Michael Kamm (ZWILLING Gruppe, Alemanha), Barbara Cimmino (Yamamay, Itália), Grégory Marchant (UTT, França) e Ismail Kolunsag (Cross Tekstil, Turquia).

© 2024 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no FacebookTwitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Últimas Notícias