12.7 C
Guimarães
Segunda-feira, Abril 22, 2024

Moreirense: perdeu contra a eficácia do Sporting

Economia

Era um jogo difícil contra um candidato ao título que precisou apenas de 23′ para decidir a sorte do jogo.

Quer o golo de Morita (3′) quer o segundo de Pedro Gonçalves (23′) resultam de facilidades concedidas da defesa do Moreirense.

O primeiro num canto directo, Kewin Silva não chega à bola na pequena área e ela cai na zona onde está Morita que só teve de empurrar a bola ainda com a oposição de Frimpong; no segundo, Pedro Gonçalves está sozinho e remata contra Kewin Silva mas a bola seguiu para a baliza.

O Sporting continuou a jogar no meio-campo adversário, impondo um ritmo mas não aumentando a contagem. O essencial estava feito, dois golos marcam a diferença e justificam o resultado.

Dir-se-á que o Moreirense equilibrou o jogo mas não revelou eficácia na finalização e no futebol os jogos decidem-se pelos golos que se marcam.

Por isso, o resultado pode ter agradado às duas equipas: ao Moreirense porque perder com o Sporting por 2-0 não deixa marcas dolorosas como uma goleada; ao Sporting porque ter dois golos de vantagem aos 23′ permitiu não apenas um controlo do jogo mas uma gestão de esforço, dada a sua participação nas provas europeias e a ambição de conquista do título nacional.

O Moreirense alinhou com: Kewin Silva, Dinis Pinto, Marcelo, Maracás, Frimpong, Ismael (Lawrence Ofori 79’), Gonçalo Franco, Madson Monteiro (Kodisang 74’), Alan (Castro 79’), Camacho (Antonisse 74’), Nlavo (Mingotti 86’).

Foto © Moreirense FC

© 2024 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no FacebookTwitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Últimas Notícias