Moreirense: o milagre que o levou a defender a permanência no play-off

O triunfo do Moreirense no último jogo contra o Vizela veio provar que a descida de divisão seria sempre um caso mal resolvido no clube. E que a permanência está agora dependente de dois jogos extra.


Os milagres também acontecem no futebol. E na última jornada. O Moreirense dependia de si – vencer o Vizela era obrigatório -, do Tondela – que tinha de perder -, do Boavista que não podia deixar a equipa beirã ganhar – e dos avançados axadrezados que tinham de marcar golos na baliza adversária.

Tudo se conjugou para este vale de lágrimas e de emoções fortes em que se transformou o estádio do Comendador Joaquim Almeida Freitas.

O Moreirense teve a sorte no início e no fim do seu jogo com o Vizela. Entrou a ganhar – quando o Vizela ficou reduzido a 10 com expulsão, por cartão vermelho directo mostrado a Ivanildo aos 3’; e quando perdia as esperanças, Yusupha (avançado do Boavista) marcou aos 86’.

Depois de um remate que levou a bola à trave da baliza do Vizela, o Moreirense marca cedo – aos 8’ – por Sori Mané, o primeiro a abrir as portas da goleada, num golo de cabeça dentro da área.

Jogando com alguma tranquilidade, a equipa de Moreira de Cónegos fez o 2-0, numa cabeçada de Artur Jorge, aos 16’. Adivinhava-se um jogo fácil, sem complicações, e Derik marca o 3-0 concluindo um cruzamento de Paulinho – o homem do jogo – num remate à boca da baliza.

A questão em Moreira de Cónegos estava resolvida. E importava saber como iam as coisas em Tondela que fez o seu primeiro golo aos 41’.

Com esta vantagem, o Moreirense descia à Liga Portugal 2 mas aos 51’ uma barrigada de Gorré levava o Boavista para o empate a 1-1.

Novamente, o Moreirense coloca a goleada ao seu vizinho em 4-0 numa jogada excelente de Paulinho que assistiu Yan Matheus que concretizou da melhor forma.

Com sol na eira e chuva no naval, o Moreirense arrepia-se quando o Tondela passa a ganhar por 2-1 aos 77’. Os adeptos já não tinham paciência para o jogo da sua equipa e de rádio colado à orelha o que queriam saber, era o que se passava na Beira Alta.

📸 LPFP

O pesadelo da descida, desenhava-se por entre as nuvens carregadas, no horizonte e nas abertas com algum sol, via-se a esperança que podia colocar, de novo, o Moreirense à porta da 1ª Liga.

Steven Vitória rematou, de cabeça, à trave, mas ganhar por mais um pouco importava. Os golos de hoje eram um desperdício face à sua necessidade em jogos anteriores.

Até que aos 86’, a boa nova veio da Gâmbia, através de Yusupha que marcou o 2-2, deixando o Moreirense com a honra de participar no play-off.

Poucos se importavam que para o Moreirense, o campeonato em vez de acabar à 34ª jornada tivesse que acabar à 36ª com mais dois jogos em que os adversários ou são o Chaves ou o Casa Pia. Só amanhã se saberá.

Em Moreira, o jogo ia para lá dos 90’ e chegava aos 92’, deixando os jogadores no relvado, uns sentados no chão, outros deambulando sem saber para onde, à espera que o Tondela não passasse a vencedor. Foram mais seis minutos de ansiedade, de nervos, de emoções contidas, com os adeptos do Moreirense ligados à telefonia.

Depois, foi mesmo a explosão de um choro incontido e transbordado em alegria misturada com lágrimas, um esbracejar sentido, um raio de esperança que ainda deixa o Moreirense na 1ª Liga e apenas dependente de mais dois jogos, o primeiro fora e o segundo em casa.

Todos quiseram assim, sofrer neste vale de lágrimas, à espera do desfecho final do que ter um adeus bonito, com uma goleada de 4-1 de que para nada serviria.

O Moreirense alinhou com: Kewin Silva, Rodrigo Conceição, Artur Jorge, Pablo, Pedro Amador (Steven Vitória 67’), Sori Mané (Fábio Pacheco 45’), Jefferson Júnior (Ibrahima 54’), Paulinho, Franco (Walterson 80’), Derik (Yan Matheus 54’), Rafael Martins.

Amarelos: Pedro Amador (34’), Fábio Pacheco (75’), Rodrigo Conceição (92’).

Golos: Sori Mané (8’), Artur Jorge (16’), Derik (30’), Yan Matheus (66’).

📸 LPFP

© 2022 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no Facebook, Twitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- publicidade -
- publicidade -
- publicidade -

Leia também