Moreirense: foi vítima de um Musa destruidor

Agarrado à máquina… das contas, com emoções e desespero, Sá Pinto quer manter a equipa na Liga Portugal, nos dois jogos que faltam para fechar a competição.


O Boavista não foi um adversário fácil para o Moreirense. Foi mesmo uma besta negra que recorreu a um Musa que desfez uma igualdade em escassos segundos.

A equipa de Sá Pinto jogou a perder mais de 68’. Recebeu o prémio de um esforço inglório quando aos 88’ Rafael Martins fixou o 1-1, concluindo com um remate frontal, na zona do penalti, após cruzamento de Frimpong.

A explosão de alegria no relvado e nas bancadas, durou apenas escassos segundos porque um Musa, com a sua criação artística fez um golo que ninguém esperava (89′), destruindo o ponto que podia ajudar às contas da equipa vimaranense.

Jogando sobre brasas, tentando anular a vantagem de um golo dos boavisteiros obtido numa perda de bola no seu meio campo, o Moreirense foi vítima dos seus próprios erros e do mérito do adversário.

Todas as aspirações de uma época podiam estar naquele ponto perdido, num jogo em que a bola queimava, e só importava o jogar para a frente, com uma baliza que Bracali tornava ainda mais pequena do que é na realidade.

Os jogadores devem ter sentido um peso enorme de saber que tendo de ganhar estavam a perder… num estádio que até se compôs de adeptos que não perdiam a esperança de ter uma equipa de uma vila de Guimarães, no escalão principal do futebol português.

E tudo volta ao princípio: o Moreirense depende de si, dos seis pontos que ainda pode conquistar nos jogos com o Estoril e o Vizela, do desempenho dos seus adversários e do Tondela que é quem está mais perto de si e que só joga amanhã.

O Moreirense alinhou com: Pasinato, Paulinho (Ismael 78’), Pablo, Rosic, Frimpong, Sori Mané, Jefferson Júnior (Galego 78’), Matheus Silva (Rodrigo Conceição 66’), Kevin Mirallas, Pedro Amador (André Luís 66’), Rafael Martins.

Amarelos: André Luís (67’), Jefferson Júnior (75’), Sori Mané (83’),
Vermelhos: Paulinho (91’).

Golos: Rafael Martins (88’).

📸 LPFP

© 2022 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no Facebook, Twitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- publicidade -
- publicidade -
- publicidade -

Leia também