Teatro Oficina: à procura de mais memórias e registos de vida

O Espaço Oficina abre-se para o Assalto ao Arquivo, amanhã, entre as 14 e as 22h00, antecedendo o final das Oficinas de Teatro.


É tempo de tratamento, catalogação, recuperação e conservação do arquivo e do espólio do Teatro Oficina

Para recuperar o passado desta companhia vimaranense o apelo que a sua directora faz é a de que todos quantos o possam fazer, possam doar parte do seu arquivo pessoal sobre o Teatro Oficina (bilhetes de espectáculos, textos anotados, cartas de amor), para este ser cuidado e preservado.

Quem quiser planear este Assalto para as 19h00, pode ainda agarrar a oportunidade de ficar para ver um filme de uma das peças que o Teatro Oficina fez.

Enquanto o arquivo se organiza, já estão marcadas as apresentações finais das Oficinas do Teatro Oficina, no dia 28 de Maio, pelas 16h00.

📸 Direitos Reservados

Estas Oficinas do Teatro Oficina (OTO) são compostas por três turmas que juntam alunas e alunos de várias idades, e chegam agora ao fim com Beautiful friend, the end, o momento em que estes alunos, amantes de teatro, apresentam publicamente o que andaram a trabalhar, seja exercícios, leituras encenadas, improvisações.

Este será, também, um momento de partilha e de troca, fechando este ciclo. Motivo para evocar This is the end, beautiful friend, the end, como na música dos The Doors.  

Com o pensamento e o fazer teatral no centro do Teatro Oficina, o Espaço Oficina assume-se deste modo como a base de operações de todo o projecto da companhia que em 2022 conta com direcção da actriz Sara Barros Leitão, autora e encenadora portuguesa.

E porque tal como já partilhado pela própria, o teatro só se faz com outras pessoas, de portas abertas e num diálogo constante com o mundo e com o outro, aspirando a existência de uma contaminação pelas experiências de pessoas estranhas e a possibilidade de nos apaixonarmos por elas, a partir deste que é um espaço de encontros.  

Um espaço de partilha, de discussão, de informalidade, e de felicidade para activar o corpo, fazer teatro, um espaço de experiência, de erro, de tentativas, de pensamento, de escuta.

📸 Direitos Reservados

© 2022 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no Facebook, Twitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- publicidade -
- publicidade -
- publicidade -

Leia também