20.7 C
Guimarães
Quinta-feira, Junho 20, 2024

Couros: há um Meio Caminho para ser mostrado a turistas

Economia

A Câmara Municipal de Guimarães apresentou, ontem, um novo projecto destinado a dar conhecer aquela área à espera de classificação como património mundial.


Com a crença de que em Guimarães estamos sempre a meio caminho de tudo, o desafio lançado pela Câmara foi encontrar um percurso “mais ligado a certas zonas do território que nem sempre são as mais conhecidas”, diz-nos o Paulo Lopes Silva, vereador do Turismo.

Centrado no bairro de Couros, o projecto coordenado pela Ondamarela e OOF Design, “insere-se na estratégia que temos vindo a integrar que tem a ver com a diversificação da nossa oferta e que permite, a quem visita Guimarães, não se deixar ficar apenas pelo Castelo de Guimarães e o Paço dos Duques”, acrescenta.

Considerada “durante muitos anos uma zona maldita, excluída e tampão e agora pertencente ao património mundial da UNESCO”, a aventura está escondida nas histórias que este percurso tem deixado ao encoberto.

“Permite descobrir mais coisas sobre a sua história e as suas estórias”.

Aos visitantes, é entregue um folheto, que além de proporcionar mais informação sobre a zona, “permite descobrir mais coisas sobre a sua história e as suas estórias”.

📸 Município de Guimarães

A experiência, que passa por um passeio poético, recheado de desafios, sons, cheiros e histórias, desafia o viajante a ver a cidade de uma forma diferente.

Para isso, revive algumas fotografias da colecção do arquivo da Muralha, disponíveis no folheto.

“No início do percurso temos um narrador que nos explica como é que este objecto funciona. Ele diz-nos que ao longo destes pontos existem actividades que se podem realizar, diz-nos também que a meio do caminho existem outras opções de visita, podemos desviar-nos deste percurso orgânico e visitar outros sítios da cidade”. Quem o diz é o representante da OFF Design.

O percurso é explicado ao detalhe por entenderem que “esta proposta deve ser completamente autónoma”, podendo, então, ser mediada por um guia turístico ou feita de forma independente pelas famílias.

Afinal, há, em Guimarães, caminhos alternativos e criativos que nos ensinam a olhar para a cidade de uma forma diferente.

📸 Município de Guimarães

© 2022 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no Facebook, Twitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Últimas Notícias