25.1 C
Guimarães
Sexta-feira, Julho 19, 2024

Convívio: Ludicidades depois dos Convívios na Misericórdia

Economia

É a primeira oficina de arquitectura para crianças, e resulta numa parceria com a Santa Casa da Misericórdia de Guimarães.

A iniciativa da Associação Cultural e Recreativa tem o nome de Ludicidades. A orientação é da arquitecta Sabrina de los Santos Silveira, mestre em educação, designer e investigadora no campo da arquitectura escolar e espaços e projetos de educação alternativos.

O projecto Ludicidades é destinado a crianças com idades compreendidas entre os cinco e os 15 anos, num momento de aprendizagem activa, com espaço para o diálogo inter-geracional, pela perspectiva dos mais pequenos, apelando a uma construção em família, propõe a divulgação da história da cidade de Guimarães e uma viagem pela mesma, no dia 16 de Junho, entre as 14h00 e as 19h00.

São objectivos deste programa revisitar e divulgar a história da cidade de Guimarães, com a finalidade de promover a apropriação do lugar pelos residentes e visitantes, através das transformações ocorridas no largo do Toural; ligar o projecto actual do Toural com as ruas e construções do centro histórico, pelo reconhecimento das construções representadas na planta do piso do largo, e dar a conhecer a um maior número de pessoas o seu contexto e fundamentos; promover a socialização entre diferentes gerações, famílias, residentes e visitantes.

Ciclo de concertos na Misericórdia

Em parceria com a Santa Casa da Misericórdia de Guimarães, o Convívio Associação Cultural e Recreativa volta a organizar um novo ciclo de concertos, todos eles na igreja da Misericórdia.

Os Convívios da Misericórdia, na sua programação, apresentam Yellow Beanie, Mário Gonçalves / Thíria e St. James Park. O primeiro realiza-se com Yellow Beanie, no dia 15 de Junho, pelas 19h00. O grupo apareceu em tempos de pandemia. E apresenta-se “com muitas estórias para contar e espaço para a improvisação, apelando à imaginação da cada ouvinte, são num projecto totalmente instrumental”.

Nas suas apresentações, o grupo formado por Mário Gonçalves, percussão, Marco Ferreira, guitarra, e João Ferreira, acordeão, num formato mais intimista, percorre as sonoridades de Thíria, último trabalho do projecto, e algumas composições retiradas do fundo do baú. Também, a exploração de novas texturas sonoras torna cada concerto um momento de criação.

O St. James Park + Mafalda é um projecto de Tiago Sampaio (St. James Park), um músico, compositor e produtor de música electrónica.

Lançou o seu primeiro projecto a solo, em 2020 e St. James Park, conta com a participação de artistas como Lince, Noiserv e Ivy.

No seu currículo contempla colaborações, paralelamente, com TOKiMONSTA, Conan Osíris, Cláudia Guerreiro (Linda Martini), entre outros. Além dos projectos que dirige, dedica-se, ainda, à composição musical para cinema, teatro e dança contemporânea.

© 2024 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no FacebookTwitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Últimas Notícias