15.1 C
Guimarães
Segunda-feira, Julho 15, 2024

CCVF: o campus da Universidade de Bolso numa conferência internacional

Economia

Começa amanhã e decorre até Domingo, e pretende promover o encontro de ideias e experiências na convergência da erudição.


A ideia é que esta Universidade, de que João Sousa Cardoso, artista e docente português, licenciado em Artes Plásticas, se transforme numa conferência e o encontro de ideias seja mesmo um festival de pensamento.

Articular a cultura contemporânea, o quotidiano e o arcaico é também um desafio para os oradores convidados, intelectuais, escritores, historiadores podem “construir conhecimento em regime intensivo que promove o encontro de ideias e experiências”. E seja também “uma comunidade efémera de vivência, observação, reflexão e debate aberto em torno de questões actuais, locais e globais”.

O formato desta conferência agrupa os oradores, os habitantes e os observadores, de formações diferentes, alguns relevantes neste tempo em que vivemos, que têm na coabitação e novas temporalidades o mote para esta edição da Universidade de Bolso, uma ideia construída ainda no tempo de Isabel Alçada, que dirigiu até há pouco o Centro Cultural Vila Flor na sua parte mais artística.

© A Oficina

Os direitos das minorias étnicas nas sociedades contemporâneas e na elaboração social, ética e estética de uma cultura cosmopolita e transtemporal merecerão a atenção de Françoise Vergès (França) cuja comunicação versa o Pensamento Radical Negro, Anti-Imperialismo e Feminismo Decolonial Anticapitalista e será transmitida em formato de vídeo-conferência.

Já no Sábado, no Café Jardim, em Vizela, Svitlana Baptista cidadã ucrâniana e Vladimir Safatle (Brasil) dissertarão sobre Os limites das estratégias estéticas contra-hegemónicas: por uma concepção alternativa de autonomia da arte.

Mary Enoch Elizabeth Baxter (EUA) escolheram o tema Consagração a Maria. Aint I a Woman: estética carcerária, movimentos feministas e justiça reprodutiva.

Num ambiente mais rural, em Moreira de Cónegos, na empresa BFRuit, no Domingo, Niranjan Sapkota (Nepal) mostrará como se conclua a formação hindu e o território cultural de acolhimento.

João Sousa Cardoso sublinhou que o objectivo desta Universidade de Bolso é criar um “festival internacional de pensamento” e fazer de Guimarães um lugar anual de encontro. “Um lugar de pensamento do século XXI em que cultura popular e a intelectualidade convergem para uma experiência transgeográfica, transcultural e trans-histórica”, explica. 

📸 A Oficina

© 2022 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no Facebook, Twitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Últimas Notícias