25.1 C
Guimarães
Sexta-feira, Julho 19, 2024

Castro de Sabroso: intervenção de conservação e restauro

Economia

Além das reabilitações já previstas, decorrem agora trabalhos de conservação e restauro nas duas linhas de muralha do antigo castro. Será também construída uma estrutura de protecção da segunda muralha.


A avaliação do estado de conservação de parte da estrutura do Castro de Sabroso, em São Lourenço de Sande, concluiu que serão necessários trabalhos complementares.

Em comunicado, a Sociedade Martins Sarmento (SMS), responsável pelas intervenções, explica que “no decorrer dos trabalhos já realizados, foram sendo registados alguns pormenores que não estavam totalmente visíveis, devido à progressão da vegetação, sobretudo infestante, nas últimas décadas”.

Recorde-se que o Castro Sabroso, monumento nacional, está a ser alvo de uma intervenção que permitirá a visita a este espaço arqueológico. A obra teve início em Janeiro do presente ano, mas é agora, na última fase de trabalhos, que será realizada uma prospecção geofísica e um levantamento Lidar (método de detecção remota).

📸 SMS

Segundo a SMS, estes métodos “irão registar com maior detalhe os vestígios de superfície na envolvente do monumento, bem como eventuais estruturas não escavadas”.

Além das requalificações já estipuladas, ocorrem, agora, esforços de conservação e restauro nas duas linhas de muralha do antigo castro. Será também construída uma estrutura de protecção da segunda muralha, num local onde se fará a passagem dos visitantes do interior para o exterior do monumento, o que irá permitir uma melhor conservação e visualização da muralha e respectivo fosso. Decorre também a colocação da sinalética de visita.

A intervenção é financiada pelo Município de Guimarães, com o apoio da União Europeia, através do FEDER, no âmbito do Programa Operacional Regional do Norte, Norte 2020, num investimento que totaliza 218 539,68€.

Mantém-se interdito o acesso ao monumento, até que os trabalhos no terreno estejam finalizados.

📸 SMS

© 2022 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no Facebook, Twitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Últimas Notícias