Artesanato: formação para manter vivo o Bordado de Guimarães

O Bordado de Guimarães já certificado, continua a precisar de novas bordadeiras para preservar e garantir a sua valorização.


A formação será promovida pelo CEARTE – Centro de Formação Profissional para o Artesanato e Património em parceria com A Oficina.

É o segundo ano, em que se abre a possibilidade de aprendizagem gratuita e formação adequada numa área visível do artesanato vimaranense. Só assim se pode preservar e promover um produto da cultura local, apreciado por muitos visitantes nacionais e estrangeiros.

As sessões de formação vão decorrer na Casa da Memória de Guimarães, entre 22 de Outubro e 4 de Dezembro, à Sexta-feira, em horário pós-laboral e ao Sábado durante o dia.

O Bordado de Guimarães, justificou, em parte a criação da cooperativa A Oficina cuja missão é a de preservar e promover este produto do artesanato local. A sua certificação ocorreu em 2010 e daí em diante houve a preocupação de manter vivo o conhecimento sobre esta forma particular de bordar.

A Oficina e o CEARTE – Centro de Formação Profissional para o Artesanato e Património irão promover uma formação sobre este tema, dando a conhecer as técnicas de desenho, as matérias-primas e as ferramentas utilizadas, assim como os vários tipos de ponto que são algumas das componentes desta formação.  

📸 Direitos Reservados

Maria do Sameiro Machado Fernandes, orientará as sessões, estando as inscrições – gratuitas – abertas até 11 de Outubro, e poderão ser efectuadas através do formulário online disponível em aoficina.pt, onde é possível consultar todas as condições.

O Bordado de Guimarães, transformou-se ao longo dos tempos e revestiu-se de um conjunto de características muito específicas que lhe garantem unicidade. As suas seis cores (vermelho, azul, bege, cinza, branco e preto), usadas isoladamente, a reprodução de motivos estilizados e o uso de vinte e um pontos tornam-no singular.

Esta forma de arte tradicional de Guimarães pode ser encontrada em permanência na Loja Oficina, na Rua da Rainha D. Maria II, e online em loja.aoficina.pt, local onde o artesanato é fortemente representado por uma variedade de produtos, como lenços, toalhas, guardanapos, bases de copos, sacos aromáticos, entre outras versões criativas de aplicação deste ofício tradicional vimaranense, salienta a cooperativa numa nota de imprensa.

Enquanto entidade promotora da certificação do Bordado de Guimarães, A Oficina tem cumprido, ao longo dos anos, a responsabilidade de acompanhar o trabalho junto das artesãs que aderiram às normas da certificação, bem como realizar o trabalho de promoção necessário à cativação de novos produtores, através de oficinas, ateliers, acções de sensibilização e formações junto do público em geral.

© 2021 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no Facebook, Twitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- publicidade -
- publicidade -
- publicidade -

Leia também