14.5 C
Guimarães
Terça-feira, Julho 16, 2024

Irmãs de Prometeu: professor lança livro sobre Mulheres na Química

Economia

O lançamento do livro Irmãs de Prometeu, de João Paulo André, professor da Escola de Ciências da Universidade do Minho, acontece amanhã, dia 22, às 16h30, na biblioteca do campus de Gualtar, em Braga.


A obra será apresentada pelos professores Carlos Fiolhais (universidade de Coimbra) e Raquel Gonçalves-Maia (universidade de Lisboa), sendo a entrada livre. A sessão tem apoio da Casa do Conhecimento da Universidade do Minho e vai ser transmitida online.

O título do livro compara as mulheres da Química com Prometeu, o titã que roubou o fogo (conhecimento) aos deuses e deu-o aos humanos, embora como castigo divino tenha sido preso.

João Paulo André explica: “A antiga opinião de as mulheres não se adequarem à investigação dificultou a sua caminhada, mas não obstou a que várias brilhassem num mundo da ciência dominado por homens – e este livro dá muitos e bons exemplos de figuras, factos e histórias curiosas, numa leitura acessível a todos”.

📸 Direitos Reservados

Irmãs de Prometeu, ilustrado com excertos de correspondência e de obras da literatura mundial, perfaz uma viagem de vários milénios, desde as primeiras mulheres dedicadas a processos físico-químicos, como a manipulação e conservação de alimentos ou a perfumaria das primeiras civilizações.

É focado, também, o pensamento greco-romano da antiguidade, a alquimia de Alexandria, a vida monástica, os livros de segredos (receituários de medicina caseira e cosmética, populares no renascimento) e as raras obras escritas por mulheres até ao século XIX.

A obra lista todas as nomeadas para o Nobel da Química, bem como outras cientistas “que o poderiam ter também ganho”, como Lise Meitner, que descobriu a fissão nuclear. Por curiosidade, o Prémio Nobel foi, no global, concedido a 894 homens, 60 mulheres e 27 entidades. Dessas 60 mulheres, apenas oito receberam o Prémio Nobel da Química, criado em 1901, e nesse restrito grupo não está incluída, por exemplo, a alemã Lise Meitner, nomeada 48 vezes para o Nobel (19 delas para o da Química).

Sobre o autor

João Paulo André doutorou-se na Universidade de Basileia, na Suíça, e é professor de Química na Universidade do Minho. É também autor do livro Poções e Paixões – Química e Ópera (Gradiva, 2018), que a Biblioteca Nacional produziu depois em braille e em áudio para invisuais.

Mantém uma intensa actividade na divulgação da ciência e um forte interesse pela música e literatura, sendo comentador de ópera na rádio Antena 2.

📸 Direitos Reservados

© 2022 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no FacebookTwitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Últimas Notícias