19.5 C
Guimarães
Segunda-feira, Julho 15, 2024

Capital Verde: Guimarães de novo na final em 2026

Economia

Concorre com cidades da Europa Central: a alemã Heilbronn, da região de Estugarda, e com a austríaca Klagenfurt on Lake Wörthersee, da região da Carinthia.

A disputa do título de Capital Verde será em sete áreas: da qualidade do ar, gestão da água, biodiversidade, áreas verdes e sustentabilidade no uso da terra, economia circular e aproveitamento do desperdício, poluição sonora, adaptação às alterações climáticas e sua mitigação.

PUB
  • Heilbronn é uma cidade do estado de Baden-Württemberg, Alemanha. Foi uma das cidades europeias mais devastadas durante a Segunda Guerra Mundial.

Possui um sistema abrangente de monitoramento da poluição sonora. A integração da gestão do ruído no ‘Plano Paisagístico 2030’ e no ‘Conceito de Mobilidade’ e o envolvimento mais amplo dos cidadãos demonstram uma abordagem holística ao planeamento urbano.

  • Klagenfurt am Wörthersee situa-se num distrito urbano que oferece natureza e cultura e aventuras ao ar livre. É conhecida  pelo seu centro histórico vibrante, cercado por um ambiente idílico com florestas verdes, prados suaves e as águas cristalinas do Lago Wörthersee.

O seu monitoramento abrangente da qualidade do ar e o planeamento para melhorar ainda mais a qualidade do ar, liga mais residências ao aquecimento urbano sustentável. Tem investido em logística urbana sustentável, incluindo bicicletas eléctricas de carga.

Para o painel de especialistas independentes que avaliou o lote inicial de sete cidades candidatas, Guimarães foi seleccionada pelas suas práticas de gestão de resíduos e economia circular, proibindo materiais de utilização única em eventos da cidade e promovendo programas de prevenção do desperdício alimentar. Além disso, também melhorou a eficiência hídrica, reduzindo o consumo de água em edifícios municipais, detectando e reparando precocemente fugas e criando estações de água públicas.

Domingos Bragança, presidente da Câmara Municipal de Guimarães. © GA!

O presidente do Município de Guimarães, Domingos Bragança, disse que “é um enorme orgulho para Guimarães ver novamente valorizado o trabalho que desenvolve em prol da sustentabilidade”. Considera que a presença de Guimarães, pelo segundo ano consecutivo, entre as cidades finalistas ao título de Capital Verde Europeia é a prova de que o caminho que está a ser trilhado é o certo. “O nosso compromisso com o desenvolvimento ambientalmente sustentável só é possível com o apoio das escolas e universidades, empresas e cidadãos, pois só dessa forma alcançaremos o objectivo comum de sensibilizar a população para a necessidade de proteger o ambiente e assim combater as alterações climáticas. As iniciativas e acções que temos vindo a realizar, ao longo dos últimos anos, fazem de Guimarães uma cidade referência para as outras cidades, portuguesas e europeias”, defendeu. 

A cidade vencedora será conhecida a 24 de Outubro, numa cerimónia que terá lugar em Valência, Capital Verde Europeia em 2024. 

© 2024 Guimarães, agora!


Partilhe a sua opinião nos comentários em baixo!

Siga-nos no FacebookTwitter e Instagram!
Quer falar connosco? Envie um email para geral@guimaraesagora.pt.

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

PUBLICIDADE • CONTINUE A LER

Últimas Notícias